O mercado imobiliário apresenta tendências grandes expectativas para 2022, mesmo após dois anos de pandemia, alta da Selic e inflação. Com o isolamento social, as pessoas mudaram seus hábitos e começaram a olhar diferente para suas casas e apartamentos.

 

A tecnologia, por exemplo, foi um dos fatores primordiais nesses últimos anos para o setor de imóveis. Já a valorização da sustentabilidade se tornou um dos principais requisitos para adquirir uma propriedade.

 

Por conta de tudo isso, é muito importante ficar atento às tendências do mercado imobiliário para 2022. E, nós da DLR, listamos algumas delas para você conferir.

 

As tendências do mercado imobiliário para 2022

 

Através da aceleração da vacinação contra a Covid-19, diversos setores estão confiantes para que o país volte a funcionar ativamente. É claro que não será como antes, por isso é necessário entender as possíveis mudanças daqui pra frente.

 

Veja com mais detalhes sobre as 5 tendências do mercado imobiliário para 2022:

 

1. Tecnologia mais presente

 

A pandemia acelerou a transformação digital de um modo nunca visto antes. O mundo teve que se adaptar às novas tecnologias, seja para trabalhar no formato home office, estudar por EAD e até mesmo pensar em novos meios de consumo.

 

No setor imobiliário não foi diferente. Muitas pessoas, por exemplo, buscaram integrar soluções modernas para aumentar a segurança em seus lares, como câmeras de monitoramento, biometria e reconhecimento facial.

 

Isso torna a tecnologia cada vez mais presente nos imóveis, trazendo mais qualidade de vida aos moradores e, consequentemente, aumentando a valorização da propriedade. Por conta desses fatores, essa é uma das principais tendências do mercado imobiliário.

 

2. Sustentabilidade como fator decisivo

 

Antes da pandemia já era uma tendência, mas, em 2022, os projetos de empreendimentos sustentáveis ganharão ainda mais força. A energia solar, reaproveitamento da água da chuva e espaços arborizados em casas e apartamentos estarão em evidência.

 

Além de contribuir para o meio ambiente, os moradores garantem ótimos benefícios, principalmente em economia de energia elétrica, de água e até redução da taxa de condomínio.

 

 

3. Imóveis maiores serão mais buscados

 

Com o aumento do trabalho remoto ou híbrido (alguns dias em casa e outros na empresa), a tendência é que as famílias busquem por imóveis maiores. Ter um cômodo para o escritório, por exemplo, deve ser prioridade neste ano.

Uma casa ou apartamento com um espaço destinado ao lazer, como piscina ou varanda também serão pilares importantíssimos na hora de escolher um imóvel. Com mais tempo em casa e flexibilização de horários, a busca por espaços maiores será grande, visto que isso impacta diretamente na produtividade e qualidade de vida.

 

4. Localização continua sendo importante

 

Por mais que o home office foi aderido por uma boa parcela dos brasileiros, aos poucos as pessoas vão voltar a trabalhar diretamente em escritórios ou vão manter o formato híbrido. Independente disso, a localização ainda é um fator predominante na aquisição ou aluguel de imóvel.

Neste caso, a boa localização tem ligação com o acesso facilitado ao trabalho, a transportes, mercados, farmácias e parques. Isso será uma grande preocupação das pessoas durante 2022.

 

5. Geração Z com poder de compra

 

Cada vez mais os jovens da Geração Z, com até 24 anos, buscam comprar ou alugar um imóvel. Esse grupo de pessoas apresenta um estilo de consumo diferente das outras faixas etárias e isso também influencia diretamente na hora de escolher um apartamento, por exemplo.

A modernidade, tecnologia e sustentabilidade são pré-requisitos durante a pesquisa desse público. Um bom custo-benefício, que apresente esses fatores, encantam os olhos da Geração Z.

 

Como aproveitar as tendências do mercado imobiliário a seu favor?

 

Se você possui imóveis ou pensa em construir empreendimentos durante o ano de 2022, é importante ficar atento a todas as tendências do mercado imobiliário. Desde acompanhar a movimentação da taxa Selic até assuntos relacionados às eleições presidenciais deste ano, pois podem influenciar nos investimentos em imóveis.

 

Porém, a partir do momento que seus empreendimentos contém uma dessas tendências que comentamos, com certeza terá mais destaque do que outros. As propriedades que contam com sistemas de biometria, espaços arborizados e possuem boa localização já entram na lista de centenas de compradores.

 

Uma boa dica para fazer negócios, e seguir no fluxo das tendências do mercado imobiliário, é fazer uma avaliação de imóvel para verificar o real valor da propriedade. Dessa forma, você não perde dinheiro e garante um laudo de avaliação com todas as informações necessárias para vender ou alugar em 2022.

 

Se você fez reformas recentes no imóvel e inseriu sistemas tecnológicos, por exemplo, a avaliação é indispensável.

 

DLR: empresa especializada em avaliação de imóveis

 

Gostou das tendências para este ano? Agora que você já entende quais demandas do mercado precisa ficar atento, que tal conhecer um pouco mais sobre a DLR?

 

Somos uma empresa especializada em engenharia de avaliações. Isso significa que analisamos o seu imóvel e elaboramos o laudo de avaliação, o qual contém todas as informações necessárias para você negociar uma propriedade com preço totalmente justo.

 

Contamos com uma equipe de engenheiros, arquitetos e agrônomos altamente capacitada e qualificada para lhe ajudar em 2022. Então, se você deseja conhecer um pouco mais sobre nós, acesse o site e entre em contato conosco. Desse modo, você estará mais preparado para fazer bons negócios neste ano.

 

Para ler mais conteúdos como este, confira diretamente em nosso blog. Até a próxima!